fbpx

Vídeos para startups: 4 motivos para investir neste formato

Vídeos para startups: 4 motivos para investir neste formato

A presença das startups no mercado brasileiro tem se tornado cada vez mais evidente. Para se ter dimensão, em 2012 os negócios que se caracterizavam como startups eram 2.519, número que, em 2017, chegou a 5.147, tendo como base o total de filiados à ABStartups (Associação Brasileira de Startups). Neste contexto, para que consigam atrair a demanda necessária — a fim de alcançar o crescimento em escala —, o público-alvo de cada uma delas precisa entender o que elas têm a propor. Tarefa que pode ser resolvida a partir dos vídeos para startups, fazendo com que todos os benefícios da produção audiovisual trabalhem pelo negócio.

Neste post apresentamos as características desse formato, assim como damos 4 razões para que a sua startup invista nele!

Vídeos para startups: por que investir?

Também conhecidos como Startup Vídeos, esse formato tem como objetivo principal apresentar a proposta de valor da empresa, fazendo com que o cliente em potencial entenda o que, de fato, o negócio faz no seu dia a dia e quais os benefícios que tais atividades trazem para ele.

Porém, a forma como a narrativa dos vídeos para startup é transmitida deve seguir a linha de inovação tão presente nessas empresas. Ou seja, sair do viés da formalidade e se conectar diretamente com o público-alvo, a partir de um formato e de uma abordagem personalizada e compatível com o perfil do consumidor, como o vídeo produzido para a DataMobi.

Abaixo, destacamos os benefícios de seguir essa estratégia de relacionamento na narrativa audiovisual.

1. Traduzir o negócio

Muitas startups formularam modelos de negócios, conceitos e até mesmo relações completamente novas, o que, portanto, também são desconhecidas a todo o mercado e sociedade. Os vídeos para startups, neste cenário, tornam a proposta mais amigável e simples de ser assimilada pelos possíveis investidores, parceiros ou clientes em potencial. Troca-se a explicação exaustiva através da fala pelo vídeo, que cumpre a mesma função em menor tempo e com maior retenção da atenção do espectador.

2. Dinamismo

O vídeo é autoexplicativo e, portanto, direto e prático. Ao se deparar com uma oportunidade ou estabelecer um contato importante que pede por mais informações sobre a empresa, o envio ou apresentação do vídeo pode esclarece as principais dúvidas, fazendo que a negociação já caminhe um passo adiante no próximo encontro. 

3. Narrativa envolvente

Todo bom negócio possui um storytelling cativante. Seja a partir do motivo pelo qual nasceu ou pelo impacto na história dos consumidores, conseguir expressar o impacto da proposta de valor é questão importante para o marketing que encontra no audiovisual os recursos necessários para contar essa história com emoção e, muitas vezes, de forma lúdica, como em um formato muito utilizado por startups, o motion graphics

4. Reconhecimento de marca

Todos os elementos do vídeo (trilha sonora, cores, fontes, narrativa, roteiro) devem contribuir para estabelecer a personalidade da marca na memória dos espectadores, fazendo com que eles a reconheçam em outros contextos, se lembrem dela ao se depararem com elementos explorados no vídeo.

E agora que você já percebeu o impacto dos vídeos para startups no crescimento do seu negócio, não deixe de conhecer o portfólio da Sobrado.TV e conferir o que outras empresas já produziram conosco. 😉

No Comments

Post a Comment