fbpx

Live action: o que é e como produzir?

Live action: o que é e como produzir?

Este ano está marcado pelo lançamento de grandes produções de live action. A linguagem, que tem destaque nos filmes da Disney em 2019, conta com clássicos como O Rei Leão, Alladin e Dumbo para entreter e engajar o público em nostalgia, ao trazer à tona os sentimentos da infância.

Mas não é de agora o sucesso desse estilo de narrativa, assim como não é somente a Disney que tem optado por ela entre seus filmes. Se você está curioso para saber mais sobre este tipo de produção e saber como a sua empresa também pode se beneficiar com ele, continue a leitura para saber detalhes, exemplos e ideias!

O que é live action?

É um estilo de narrativa que traz para contextos reais (cenários, interação com atores humanos) histórias e personagens de animações e de desenhos, sejam de livros ou de histórias em quadrinhos.

Assim, a partir do live action é possível desenvolver o que estava no imaginário para uma produção audiovisual. Afinal, quem nunca sonhou consigo mesmo conversando com um personagem ou dentro de uma história que gostava?

Por isso, é um recurso com forte apelo emocional e também com liberdade narrativa, pois pode sofrer alterações quando comparado à história original, o que não é uma regra, mas um recurso, caso seja necessário adaptar alguma característica ou acontecimento, a fim de beneficiar a narrativa e a experiência do espectador.

Dada a realidade de que muitos personagens são animais, extraterrestres, mutantes, monstros, possuem poderes especiais e toda uma gama de características excepcionais, este tipo de produção conta com utilização massiva de computação gráfica, dando vida aos cacoetes específicos que fazem cada personagem ser único.

E entre os lançamentos que mencionamos, como O Rei Leão, por exemplo, em que toda história se passa entre animais, o live action tira o aspecto de desenho, fazendo que a aparência seja trazida para a de um leão de verdade.

Já no caso de criaturas que foram criadas por seus autores, como é o caso dos Pokémons, por exemplo, o live action Pokémon: Detetive Pikachu, previsto para maio de 2019, fez o aspecto dos personagens se tornar o mais próximo possível do que seria se caso eles realmente existissem.

Contudo, este é um recurso possível, dada a evolução da tecnologia. Em live actions mais antigos, como foi o caso do inesquecível Space Jam – O Jogo do Século, de 1996, estrelado pelo atleta norte-americano de basquete Michael Jordan e o universo Looney Tunes, os personagens foram apresentados da maneira como, tradicionalmente, já os conhecíamos.

Exemplos de live action

Agora que já conheceu as possibilidades do estilo live action, abaixo estão alguns exemplos que podem ser dicas dos próximos filmes para assistir e conhecer mais a respeito.

Turma da Mônica: Laços

O quadrinho brasileiro de maior reconhecimento mundial e uma franquia de incontestável sucesso no Brasil, a partir de produtos licenciados e desenho animado, agora também é live action com lançamento previsto para julho de 2019. E, como não poderia deixar de ser, um plano infalível será a grande aventura da turma de Maurício de Souza, que conta com a coragem e a liderança da Mônica para encontrar Floquinho, o cachorro do Cebolinha.


Turma da Monica: Paris Filmes

Hellboy

Criado por Mike Mignola a partir de histórias em quadrinhos, Hellboy ganha, em maio deste ano, seu terceiro filme. Os dois primeiros foram lançados no começo nos anos 2000, 2004 e 2008. O protagonista, Hellboy, é uma criatura fruto da união entre o demônio e uma feiticeira que, ao contrário do que o parentesco sugere, tem bom caráter. Ao ser encontrado por um professor humano e ter sido criado por ele, combate inimigos sobrenaturais aos humanos.


Helboy – Lion Gate Entertainment

Os Flintstones

Desenho animado americano dos anos 60, Os Flinstones se tornaram live action em 1994. Moradores da cidade de Bedrock, os Flinstones e seus amigos são o retrato de uma família de classe média cujo cotidiano, que segue a mesma dinâmica do mundo moderno, é ambientado no contexto da idade da pedra. O filme narra a ascensão profissional pouco provável do protagonista Fred Flinstone, que passa de operário para um cargo de chefia na empresa em que trabalha.


Os Flintstones – O Filme – Universal Studios

Live action para empresas

O vídeo é um formato dinâmico que possui inúmeros recursos técnicos que possibilitam adequar a mensagem ao público e à personalidade da marca, o que não é diferente com o live action.

No contexto do mundo dos negócios, em que muitas empresas contam com parcerias com marcas licenciadas ou, até mesmo, possuem mascotes, é possível utilizar este estilo de narrativa dentro da estratégia de marketing, seja para promover um produto ou serviço de maneira direta ou, ainda, para explorar possíveis temas e assuntos no marketing de conteúdo.

O benefício é tornar a narrativa mais leve, com um viés de entretenimento, o que contribui para aumentar a receptividade do público, pois recebem informações ao mesmo tempo que se divertem.

Um único cuidado a ser tomado é referente aos produtos focados no público infantil, pois existem leis que regulamentam a forma como trabalhar, uma vez que crianças são mais suscetíveis às propagandas, já que não têm censo crítico amadurecido. Por isso, contar com profissionais da área, que estejam familiarizados com as regras do setor, é fundamental, pois alinham a ideia da marca às possibilidades de mercado, otimizando a utilização de recursos e, também, preservando a reputação da empresa, podendo usufruir corretamente dos benefícios da narrativa.

Assim, contar com o poder da nostalgia e da empatia dos personagens junto a situações reais, aproximando o consumidor com a realidade do seu produto, o live action é uma alternativa promissora para as empresas que desejam uma abordagem descontraída, mas com forte apelo emocional.

Explore esta vertente na estratégia de marketing. Solicite uma proposta conosco e comece a investir no próximo vídeo da sua empresa!

No Comments

Post a Comment